Alimente os Povos

No Brasil, estamos vivendo uma recessão e em momentos assim, quem já tinha pouco, fica com menos ainda.

Temos demanda recorrente de ALIMENTAÇÃO de muitas comunidades tradicionais.

Indios, quilombolas, ciganos, muitos deles estão passando fome.

Nos ajude a ajudar?

Doe aqui e contribua para compra de cestas básicas, cada cesta básica custa em torno de R$100,00

R$ 430,00 arrecadados até 14/04/2021

Ou faça um PIX para pix@curamor.com.br

Denise e Mariazinha

Denilse e Mariazinha, lideranças cigana, dividem conosco que antes da pandemia podiam vender queijo no comércio de Santa Bárbara. Por causa da pandemia, o comércio deixou de aceitar seus produtos. Tiveram que vender a vaquinha que tinha e se não fosse pela ajuda emergencial e solidariedade, passariam fome.

Cacique Sorin

Cacique Sorin precisou receber seus parentes da Bahia em sua aldeia Pataxó em Carmésia. Se aqui estava ruim, lá é ainda pior. Sua comunidade passou de 20 para 50 famílias. Abastecer toda essa gente é muito desafiador, porque devido a pandemia, não tem como vender o que produzem.

Luiza de Mocambeiro

Luiza, cigana de Mocambeiro, conta que os homens de seu acampamento, que são comerciantes itinerantes, não tem mais como sair para vender seus produtos, depois da pandemia. E eles, elas e seus filhos, estão passando fome.

Angohó e Hayo, liderança pataxó hahahae, tem muita dificuldade para vender seus artesanatos também. E como tiveram que vir para cidade depois da quebra da barragem em Brumadinho, viveram o desafio da dificuldade financeira e toda uma comunidade infectada pela COVID.

São história reais.

De pessoas com Nome, Sobrenome, famílias, dores e amores. São gente como a gente.

Com muito pouco, já fizemos muito!

Formam quase 300 cestas distribuídas, caminhões de doações, mais de 5000 máscaras, itens de higiene pessoal, 2 projetos de geração de renda e autonomia alimentar em comunidades indígenas em MG e MT e Comunidades ciganas espalhadas por MG.

Nos ajude a ajudar?

Doe aqui e contribua para compra de cestas básicas, cada cesta básica custa em torno de R$100,00

Ou faça um PIX para pix@curamor.com.br

Em uma recessão quem já tinha pouco fica com menos ainda

já foram entregues 300 cestas!